Cirurgia de Coluna: Quem Precisa Fazer?

cirurgia-de-coluna

Descubra em que casos a cirurgia de coluna é indicada e quais são as alternativas minimamente invasivas para o tratamento da coluna vertebral.

Leia a transcrição do vídeo

Você sabe como tratar problemas de coluna?

Se você respondeu cirurgia de coluna, você errou!

Mais de 95% das pessoas com problemas de coluna não necessitam de cirurgia.

Para essa imensa maioria existe uma lógica na escolha e na complexidade do tratamento. 

Eu preparei uma pequena animação falando sobre isso, vamos dar uma olhada?

A dor nas costas é um problema super comum. 

Cerca de 80% das pessoas irão experimentar algum episódio de dor nas costas durante a vida. 

Dessas, cerca de 20% vão ter a chamada dor nas costas crônica, que é a dor que persiste por mais de três meses.

A dor nas costas pode acometer desde jovens até os idosos e é um problema que vem crescendo. Sendo uma verdadeira epidemia, muitos se perguntam: 

Como tratar corretamente a dor nas costas?”

Tirando casos bem raros, que necessitam de cirurgia prontamente, o modo como planejamos o tratamento de coluna segue uma escala de complexidade crescente, vai do  tratamento mais simples para o mais complexo. 

O tratamento mais simples, ou tratamento conservador, compreende o uso de medicamentos, sempre com cautela, como analgésicos e relaxantes musculares, ou anti-inflamatórios, aplicação de calor ou gelo local, realização de fisioterapia e exercícios terapêuticos e outras formas de tratamento não invasivos, como manipulações vertebrais, acupuntura, injeções de pontos-gatilho ou terapias por onda de choque extra corpórea. 

Se a pessoa não apresentar melhora entre 4 e 6 semanas, podemos dar um passo a mais nessa escala de complexidade e passar aos procedimentos minimamente invasivos. 

Procedimentos minimamente invasivos são a injeção de medicamentos realizados em centro cirúrgico com o auxílio de uma câmera de raio X  em tempo real, que permite guiar a cânula com precisão até a estrutura a ser tratada no interior da coluna. 

Caso o problema de coluna não seja solucionado com os procedimentos minimamente invasivos, ou, se houver agravamento do quadro, com risco de lesão dos nervos da coluna, consideramos a cirurgia.

É importante saber que a cirurgia de coluna é necessária em menos de 5% das pessoas com problemas de coluna. 

Por fim, independente do tratamento instituído, uma vez melhor das dores, é muito importante que a pessoa realize de forma contínua exercícios para estabilização da coluna. Esses exercícios aumentam as chances da pessoa de manter bem e livre das dores por um longo tempo.

Em casos de dores nas costas que não melhoram, é muito importante procurar auxílio médico para uma avaliação e orientação quanto a conduta adequada.

Você também pode se interessar: